terça-feira, 12 de novembro de 2019

Campos e região se preparam para possível chegada de óleo nas praias


O Governo do Estado elaborou um plano de emergência para o aparecimento de óleo em praias do Rio. Segundo a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas), os órgãos ambientais estaduais estão trabalhando em ações preventivas com o objetivo de garantir uma pronta resposta, em caso de surgimento de mancha no litoral fluminense. 

Na quinta-feira, pequenos fragmentos de óleo foram recolhidos em São Mateus, no Espírito Santo, após ter se espalhado pelos nove estados nordestinos (Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe), o produto de origem ainda desconhecida avança pela região Sudeste em direção ao Sul. 

De acordo com a pasta, no dia 24 de outubro, conforme publicação em Diário Oficial, o Governo do Estado criou um grupo de trabalho especial para acompanhamento e vigilância

 de qualquer anormalidade relativa a manchas de óleo na costa fluminense. O grupo é coordenado pela secretária do Ambiente e Sustentabilidade, Ana Lúcia Santoro, e composto por técnicos da Seas e do Inea.

O grupo já se reuniu duas vezes (26/10, 31/10) com foco na ação preventiva e no monitoramento. O encontro contou com as presenças de representantes do corpo técnico da Seas, de setores de emergência e monitoramento do Inea, da Marinha do Brasil, do Ibama, da COPPE/UFRJ e de empresas do setor.

O Inea possui plano de contingência relacionado à presença de óleo nas praias para otimizar a resposta em caso de necessidade. O plano encontra-se em situação de monitoramento.

O órgão já realizou, na última semana, a capacitação de cerca de 80 pessoas, entre técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros, do próprio órgão ambiental, além de militares do Exército para atuação em caso de surgimento de óleo na costa. O treinamento incluiu atividade prática na praia, onde o grupo simulou atendimento de emergência.

O Comite Estadual P2R2 (Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Químicos Perigosos) foi incorporado ao grupo de trabalho especial criado pelo governador. Novos órgãos serão acionados.

Essa semana, o Inea inicia a capacitação dos 25 municípios costeiros: São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Quissamã, Carapebus, Macaé, Rio das Ostras, Casemiro de Abreu, Cabo Frio, Búzios, Arraial do Cabo, Araruama, Saquarema, Maricá, Niterói, Itaguaí, Mangaratiba, Angra dos Reis, Paraty, São Gonçalo, Guapimirim, Magé, Itaboraí, Duque de Caxias e Rio de Janeiro.

O Inea fará o treinamento com técnicos dos municípios de São Francisco do Itabapoana, São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Carapebus, Quissamã, Rio das Ostras, Casimiro de Abreu, Macaé, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Búzios e Saquarema. O treinamento será realizado nas instalações do Porto Açu, em São João da Barra. Inicialmente o foco são os municípios do noroeste Fluminense e Região do Lagos e, na próxima semana, os municípios da Região Metropolitana e do Sul Fluminense.
Fonte: O Dia Foto: Marcos Rodrigues

Porto Central e empresa holandesa assinam acordo para início das obras até junho de 2020, em Presidente Kennedy


Apontado como indutor de desenvolvimento de toda a região sul do Espírito Santo, o Porto Central dará mais um passo para que o projeto se torne realidade. Será assinado nesta terça-feria (12), em Presidente Kennedy, o Protocolo de Intenções para implementação do complexo industrial portuário entre o Porto Central e a holandesa Van Oord. O ato acontecerá durante o “Fórum Desenvolvimento e Inovação: O Futuro do Espírito Santo”, que contará com a presença do governador do Estado, Renato Casagrande; do vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado Marcelo Santos; e o prefeito Dorlei Fontão.

“É muito importante ver que o sul do Estado está no caminho do desenvolvimento, com o Porto Central dando mais um passo para se tornar realidade, o ramal ferroviário da EF 118, duplicação da BR 101, recuperação de toda a malha rodoviária capixaba. Uma série de boas notícias mostrando que o que antes era entrave ao desenvolvimento, agora é indutor e atrai mais oportunidades para nosso Estado”, comentou o deputado Marcelo Santos que também preside a Comissão de Infraestrutura do Legislativo Capixaba (CoinfraES).

  Para o CEO do Porto Central, José Maria Novaes, a assinatura deste protocolo demonstra a evolução do empreendimento que terá as obras iniciadas em junho do próximo ano. “A partir desse ato, o mercado terá a certeza que o Porto Central é um projeto real e que investidores já embarcaram nesse empreendimento de cerca de R$ 3 bilhões. Por isso, vamos atender a todas as condicionantes ambientais no primeiro semestre de 2020 com um investimento de cerca de R$ 40 milhões.”

“O Porto Central será um indutor do crescimento regional, de forte importância para o sul capixaba, o Espírito Santo e o país pois, com a estrutura do terminal portuário e o complexo industrial que serão construídos, outras oportunidades surgirão após essa primeira etapa com o Terminal de Energia, capaz de movimentar petróleo e seus derivados, abastecendo a região sudeste e até o estado de Goiás, por exemplo, onde esses produtos chegam através de caminhões”, complementou Novaes.

O Futuro do Espírito Santo

  Promovido pela Global Ideas, em parceria com a Comissão de Infraestrutura da Assembleia Legislativa do Espírito Santo (CoinfraES) e Associação Brasileira de Engenheiros Civis no Estado (Abenc-ES), o “Fórum Desenvolvimento e Inovação: O Futuro do Espírito Santo” vai percorrer todas as dez microrregiões do Estado e inicia sua jornada na próxima terça-feira (12), no sul, em Presidente Kennedy, com a participação do governador, Renato Casagrande; do vice-presidente da Assembleia Legislativa, Marcelo Santos; o presidente da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes) e prefeito de Viana, Gilson Daniel; o diretor do Departamento de Edificações e Rodovias (DER-ES), Luiz César Maretto; o presidente do ES em Ação, Fábio Brasileiro; o prefeito de Presidente Kennedy, Dorlei Fontão; do diretor do Instituto Jones do Santos Neves (IJSN), Luiz Paulo Vellozo Lucas; e do CEO do Porto Central, José Maria Novaes.

  De acordo com o presidente da CoinfraES, o deputado estadual Marcelo Santos, é uma boa oportunidade de realizar uma série de debates regionais, avaliando os impactos positivos e negativos de cada empreendimento, assim como esclarecer as aptidões de cada local, onde serão discutidos investimentos e potencialidades para a região, infraestrutura, parcerias, oportunidades, entre outros.

“O cenário está favorável para os capixabas que terão uma onda de investimentos nos próximos anos e precisamos ter um terreno apto para receber esses recursos, aproveitando cada oportunidade que apareça, impulsionando a recuperação da pós-crise. Precisamos reunir o Poder Público, iniciativa privada, o setor produtivo, sociedade civil organizada, ou seja, diversos atores para colaborar, fazendo um estudo de cada região, verificando as carências e potencialidades de cada localidade do Estado, para que todas as regiões recebam investimentos de forma equilibrada, diversificando suas vocações regionais”, comentou o deputado.

  São inúmeros os projetos anunciados para todo o Espírito Santo, como as obras da Ferrovia EF-118, que vai ligar Cariacica à Região Metropolitana do Rio de Janeiro, cortando toda a região sul capixaba; o Porto Central em Presidente Kennedy; o Fundo de Infraestrutura, que terá R$ 1,5 bilhão; empréstimos do governo do Estado com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) da ordem de R$ 1,4 bilhão; e ainda a carteira de investimentos prevista para os próximos anos e recém-divulgada pelo IJSN que prevê mais de R$ 60 bilhões em investimentos públicos e privados.

“Temos que envolver sociedade civil organizada, Poder Público, setor produtivo para debater pois, só assim poderemos aproveitar essa janela de oportunidades que está se abrindo no Estado, sem perder tempo, qualificando mão de obra de acordo com a necessidade do mercado, investindo para solucionar gargalos e, mais do que isso, melhorar a qualidade de vida do capixaba, fazendo esses investimentos chegarem na ponta, em todos os cantos do nosso Estado, beneficiando toda a sociedade”, complementou Marcelo Santos. 

Porto Central - O Porto Central será instalado em uma área de aproximadamente 2.000 hectares, o equivalente a 3.000 campos de futebol. E acomodará vários terminais de grande escala ao longo de seus 10 km de berços e píeres.

Com até 25 metros de profundidade, o Porto Central estará apto a receber os maiores navios do mundo, tais como VLCC’s e Valemax, com até 400.000 toneladas de capacidade.

  O acesso marítimo para os terminais será realizado através de um canal de acesso de 300 metros de largura, permitindo duas vias de tráfego simultâneo para navios de médio porte e tráfego de sentido único para os maiores navios.

Localizado no município de Presidente Kennedy, Sul do Estado do Espírito Santo, próximo da fronteira do estado com o Rio de Janeiro, e a cerca de 150 km de Vitória. A área foi apontada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários – ANTAQ como prioritária e ideal para a instalação de um porto. Além disso, uma área de 6.815 hectares ao redor do porto foi disponibilizada para o desenvolvimento de um distrito industrial, contribuindo para o crescimento planejado e integrado da região.

  O Porto Central atenderá a hinterlândia composta pelos Estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, São Paulo e Rio de Janeiro, que em conjunto, representam 64% do PIB do Brasil e têm grande importância na produção agrícola e de minério de ferro. O porto também se encontra nas proximidades dos principais campos de petróleo e gás do país, destacando-se como um eficiente ponto para a movimentação e estocagem de petróleo e apoio offshore.

A localização geográfica do Porto Central é única, no centro da costa brasileira, próxima aos grandes centros produtores do país e um mercado com mais de 100 milhões de consumidores. 

Evento - Organizado pela Global Ideas, esta etapa será realizada em parceria com a prefeitura de Presidente Kennedy, com o apoio da CoinfraES, do Governo do Estado, da Assembleia Legislativa e da Abenc-ES e contará com o patrocínio, do Porto Central, do Sindicato da Indústria da Construção Pesada no Estado do Espírito Santo (Sindicopes), da EDP, da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas do Estado (FCDL) e do Sindicato Nacional das Empresas de Arquitetura e Engenharia Consultiva no Estado (SinaencoES).

O evento é aberto ao público e as inscrições podem ser feitas através do http://inscricao.globalideas.xyz/

Programação

9h – Abertura

9h10 – Boas Vindas- Dorlei Fontão, prefeito de Presidente Kennedy

9h20 – Novos Investimentos: Oportunidades e Desafios- Marcelo Santos, deputado estadual e presidente da Comissão de Infraestrutura da Assembleia

9h40 – Talk Show: Investimentos público-privados e o destravamento da infraestrutura do litoral sul- governador Renato Casagrande com o economista Orlando Caliman, o diretor do DER/ES Luiz César Maretto e o presidente do ES em Ação Fábio Brasileiro

10h20 – Reforma dos municípios, desburocratização e oportunidades: Consórcio de compras governamentais da Amunes- Gilson Daniel, presidente da Amunes

10h40 – Desburocratizando a máquina pública: como executar sem infringir a legislação- José Arimathea Campos Gomes, procurador de carreira e diretor da Procuradoria da Assembleia

11h – Apresentação do plano de desenvolvimento de Presidente Kennedy- Flávio Matos, secretário de Desenvolvimento de Presidente Kennedy

11h20 – Logística e o diferencial competitivo- Luiz Paulo Vellozo Lucas, diretor-presidente do IJSN

11h40 – Parcerias e oportunidades locais e regionais- José Maria Novaes, CEO do Porto Central

12h – Perguntas e respostas

12h30 – Encerramento

domingo, 10 de novembro de 2019

Flamengo defende a liderança contra o Bahia

Com o empate do Palmeiras em 1 a 1 com Corinthians, o Flamengo tem a chance de aumentar a distância do segundo colocado e se manter mais líder do que nunca do campeonato brasileiro. 
Foto: Alexandre Vidal /Flamengo 

O rubro-negro carioca recebe neste domingo, 10, a equipe do Bahia, as 18h no Maracanã, que mais uma vez terá casa cheia! 

O Flamengo deve ir a campo com a seguinte formação: Diego Alves, Rodinei, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Luís Felipe; Arão, Gerson, Everton Ribeiro e Vitinho(Reinier); Bruno Henrique e Gabigol.

Dê "Bom dia" ao Espírito Santo

Acorde dando louvor e falando com o Espírito Santo de Deus. Deixe Ele ser o primeiro a ouvir a tua voz e tenha sempre um dia de cuidados na presença e proteção de Jesus.

Desejo que tenhas um domingo de paz, e uma semana abençoada. 

Palmeiras empata com Corinthians, no Pacaembu

Jogando no estádio do Pacaembu, o Palmeiras não passou do empate em 1x1 com o Corinthians, neste sábado,(9).

Com defesa de penalti defenfido por Walter após cobrança de Gustavo Scarpa, os dois gols só saíram no final da segunda etapa.

O Corinthians marcou um belo gol com Michael já nos acréscimos, aos 47minutos. Quando tudo parecia definido, o Palmeiras reagiu e descontou um minutos depois, aos 48 da etapa final, com Bruno Henrique. 

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Após decisão do STF, defesa pedirá soltura imediata de Lula


Os advogados Cristiano Zanin Martins e Valeska Teixeira Martins, que defendem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), informaram que pedirão já nesta sexta (8) a soltura imediata do petista depois da decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), tomada nesta quinta (7), vetando a execução da pena após condenação em segunda instância. 

O Supremo retomou o entendimento de que um réu só pode cumprir pena depois de esgotados todos os recursos. Lula já foi condenado em três instâncias no caso do tríplex, da Operação Lava Jato, mas ainda pode recorrer ao STF.

A decisão: O STF derrubou a prisão após a condenação em segunda instância, retornando ao entendimento de que um réu só pode cumprir pena depois que esgotar os recursos na Justiça. A decisão foi tomada por 6 votos a 5.

Este julgamento do STF não afeta apenas Lula e outros condenados na Operação Lava Jato. Segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), no começo de outubro, havia quase 5.000 pessoas presas depois de terem sido condenadas em segunda instância. Fonte: UOL

domingo, 3 de novembro de 2019

Louve e adore o Senhor

Um coração adorador expressa a gratidão e sua fé a Jesus. Nao importe a sua atual situação, louve a Deus ! Ele entenderá e ouvirá seu cântico de adoração. 

Desejo um domingo de paz e uma semana de bençãos!

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Azul anuncia voos diários do Rio para Macaé e Campos

A Azul Linhas Aéreas confirmou nesta quinta-feira (1/11), o lançamento do voo para Macaé com partida do aeroporto Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. As operações na nova rota começam a partir de 9 de dezembro.

As partidas do Rio de Janeiro para Macaé serão diárias e terão uma escala em Campos no voo de volta.

As passagens já podem ser adquiridas nos canais de vendas da empresa com preços a partir de R$ 130,25 (por trecho). As novas rotas serão realizadas com o turbo-hélice ATR 72.600, com capacidade para 70 passageiros. A partir de fevereiro de 2020, a rota Galeão-Macaé-Campos-Galeão contará com dois voos diários.

Na última quarta-feira (30), pousou no Aeroporto de Macaé o primeiro voo vindo do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Por  4 anos o aeroporto de Macaé ficou sem receber voos comerciais de passageiros. Fonte: ExpressoCampista.com.br

Empresário de SFI se reúne com deputados na ALERJ

O empresário José Renato Pontes, popular, Zé Renato, se reuniu na última terça-feira,29, com deputados estaduais, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). 

Pontes, que vem tentando se firmar como uma opção para o pleito eleitoral das eleições municipais de 2020 em São Francisco de Itabapoana, foi recebido nos gabinetes dos parlamentares, pela ordem: Bruno Dauaire(PSC), João Peixoto(DC), Gil Viana(PSL), Marcelo Cabeleireiro (DC), e Chico Machado (PSD). Pelo que se vê, o saldo parece ter sido positivo.

Não se sabe - ao certo - a pauta desta agenda, que pode ter tido cunho político ou empresarial, uma vez que Zé Renato é respeitado e bem relacionado no mundo dos negócios. 

Novembro azul chegou!