sábado, 8 de junho de 2019

DER-RJ anuncia início da construção da ponte entre Praça João Pessoa e Morro do Coco

Ponte foi destruída após fortes chuvas (Foto: arquivo)
O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) anunciou que iniciará está semana a construção da ponte sobre o Rio Pedra Santa, na RJ-204, entre o distrito de Praça João Pessoa, em São Francisco de Itabapoana e o distrito de Morro do Coco, em Campos. Segundo a Assessoria de Comunicação do DER, o canteiro de obras já foi instalado.

Será erguida uma ponte de 20 metros de extensão, já que a construção anterior foi levada por uma enxurrada em março de 2018. Essa estrada é muito importante para o escoamento da safra de produtores rurais do Norte Fluminense do Estado do Rio. A RJ-204 também é conhecida Rodovia da Fruta.

Pacote de obras - O anúncio feito pelo DER faz parte de um pacote de obras que dará o pontapé inicial para melhorias da malha rodoviária estadual. Além da recuperação desta ponte em São Francisco de Itabapoana, acontecerão melhorias nas rodovias RJ-178, na altura de Carapebus, e RJ-104 no trecho que liga Niterói à Rio-Manilha.

O presidente do DER-RJ, Uruan Cintra de Andrade, ressalta que todo o estado do Rio de Janeiro será contemplado com obras nas RJs nos próximos anos, seguindo um calendário de prioridades estabelecido por estudos técnicos.

Somente ao longo deste ano, serão aplicados R$ 120 milhões em obras como drenagem, restauração e sinalização de rodovias, entre outras. Os recursos estão sendo repassados pelo governo do estado para o departamento, por meio do Detran-RJ, em parcelas, até dezembro deste ano. À medida que os valores forem sendo liberados, as intervenções serão feitas. Em 2020, novos investimentos nas vias serão aplicados com outros recursos do DER-RJ.

Por tipos de serviços, as destinações dos recursos já foram definidas: R$ 40 milhões para obras de contenção, pavimentação, drenagem, restauração e terraplanagem; R$ 30 milhões para projetos de engenharia; R$ 25 milhões com restauração de pontes e viadutos; R$ 15 milhões para obras relativas a demandas judiciais; e R$ 10 milhões para sinalização horizontal e vertical e rodovias.

“Após anos sem investimento adequado nas estradas, vamos torná-las mais seguras para motoristas e pedestres. Não sou somente presidente do DER. Sou também um usuário das rodovias. Por isso, sei o quanto é relevante para o cidadão um bom estado de conservação das vias. Este início de trabalho é muito importante porque mostra um DER em movimento. É apenas o início de um projeto mais amplo de modernização do órgão”, disse o presidente Uruan. Fonte:  DER-RJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário