quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Pescadores capturam tubarão na beira da praia do Açu

Um tubarão-tigre (Galeocerdo cuvier) foi capturado na beira da praia do Açu, em São João da Barra, por pescadores na manhã desta quarta-feira (27). Segundo a secretaria de Pesca do município, eles foram comunicados que o animal, que media 2m30, ficou preso acidentalmente em uma rede de pesca. Em um vídeo que circula na internet, cerca de 10 pessoas ajudam a retirá-lo do mar. O animal foi morto e cortado em postas, não há, no entanto, informação se o material foi vendido ou distribuído entre os pescadores. Nas redes sociais, muitas pessoas se manifestaram contra a ação, mas a pesca do tubarão não é proibida por nenhum órgão ambiental, a não ser em caso de espécies que estão em ameaça de extinção. O Ibama afirma que trata-se de animal com característica agressiva e que ataques foram registrados no estado do Rio de Janeiro na década de 1950 e nos anos 2000. Em dezembro de 2016, outro tubarão foi encontrado por pescadores preso em uma rede de arrasto no mar entre Barra do Furado, em Quissamã, e Farol de São Tomé, em Campos.

O pesquisador da Associação Tubarões da Costa, Lucas Wener, que atua no Rio Grande do Norte, recebeu as imagens realizadas em São João da Barra e afirmou que trata-se de um tubarão-tigre, já na idade adulta. “Quando o animal atinge a idade adulta ele costuma perder aquelas manchas características do tigre, mas se você ver o formato da cabeça, que é mais quadrada, da dorsal, dá para ver que é da espécie”, afirma. A diferença, ele explica, é que a espécie tigre é mais comum na região Norte e Nordeste, mas que pode ser encontrada ao longo de toda costa brasileira.

Outro - O tubarão capturado no ano de 2016, em Barra do Furado, foi levado para Atafona, em São João da Barra. Segundo os pescadores, o animal foi vendido para um frigorífico local. O animal também teria ficado preso a uma rede de pesca. Na época, não houve confirmação da espécie.

Ataque - Em maio de 2002, um surfista, de 19 anos, levou duas mordidas de tubarão no calcanhar esquerdo, quando surfava em Grussaí, litoral de São João da Barra. A informação do Ibama é que este é o caso mais recente acontecido no estado. Fonte: Folha da Manha


Nenhum comentário:

Postar um comentário