terça-feira, 4 de setembro de 2018

Vereador é afastado do cargo em São Francisco de Itabapoana

O vereador de São Francisco de Itabapoana Jarédio Azevedo (SD) foi afastado do cargo pelo Juízo da 130ª Zona Eleitoral do município. A decisão, proferida nesta terça-feira, 04/09, é oriunda de uma investigação do Ministério Público Eleitoral (MPE). O MPE acusa o parlamentar de compra de votos nas eleições de 2016 e falsidade de documentos.

Com a decisão da Justiça Eleitoral, Jarédio se tornou réu numa ação penal, já que houve o acolhimento da denúncia. O afastamento do vereador é pelo prazo de 180 dias.

A investigação feita pelo Ministério Público Eleitoral teve como ponto de partida doações de campanha feitas ao parlamentar. Para o MP, as doadoras, quatro mulheres inscritas no programa de transferência de renda Bolsa Família, não teriam condições de fazer doação ao até então candidato. As doações que contam na prestação de contas é no valor de R$ 600.

 Ainda de acordo com o Ministério Público Eleitoral, as beneficiárias do Bolsa Família foram entrevistadas por assistentes sociais da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Humano. Essas entrevistas fazem parte do processo. As testemunhas ainda serão ouvidas em juízo na ação penal.

Ao ter acesso aos depoimentos dados às assistentes sociais, o MPE concluiu que houve falsidade documental, já que não teria havido doação na prática. Segundo a denúncia do MPE, as beneficiárias teriam prometido voto ao vereador e teriam aceitado assinar as doações em troca de supostas cirurgias para parentes.

A Justiça também determinou a proibição de contato do parlamentar ou qualquer mandatário dele com as testemunhas arroladas pelo MPE, sob pena de decretação de prisão preventiva.

O vereador pode recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro e tentar derrubar a decisão que o afastou do cargo. Caso o parlamentar continue afastado, o primeiro suplente da coligação, Mazinho da Banda (SD) de Praça João Pessoa será convocado pela presidência da Câmara Municipal e assumirá uma cadeira de vereador.

O Site VNOTÍCIA tentou contato com o vereador Jarédio Azevedo, mas não conseguiu ouvir um contraponto. Assim que o vereador retornar as nossas ligações e responder às mensagens o site publicará outra matéria. Fonte: VNoticia

Nenhum comentário:

Postar um comentário