quinta-feira, 24 de maio de 2018

Greve de caminhoneiros ameaça serviços básicos em Campos e São Francisco

As Prefeituras de Campos e São Francisco de Itabapaona divulgaram nota informando que estão acompanhando o movimento dos caminhoneiros. O município de Campos já toma algumas medidas para minimizar os efeitos sobre os serviços prestados em seus diversos setores, principalmente os essenciais, como: Educação, Saúde, Transporte e Limpeza. Um planejamento está sendo realizado para evitar que a população seja afetada, o que depende do tempo de duração da mobilização.

“Na Educação há um risco iminente de suspensão temporária das aulas em algumas unidades devido ao abastecimento de água, feito através de caminhão-pipa. A secretaria de Educação acompanha ainda o fornecimento de alguns produtos não perecíveis destinados à merenda escolar. No setor de Transportes, há racionamento e a prioridade é o abastecimento de veículos da área da Saúde, para atendimentos de emergência, até que a situação seja normalizada”, disse a nota.

A Prefeitura de São Francisco de Itabapoana comunicou a possibilidade de suspensão temporária de alguns serviços. Ressalta-se que os serviços essenciais ligados ao Resgate e às ambulâncias da secretaria municipal de Saúde serão priorizados, garantindo o atendimento à população.

Caso a paralisação continue, a secretaria de Educação e Cultura poderá nas próximas horas informar o cancelamento das aulas, bem como a secretaria municipal de Transporte. “Além disso, diversas outras secretarias também serão afetadas, como por exemplo, o atendimento no Centro de Convivência da Terceira Idade Nágme Jorge Abílio, da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Humano”, também informou em nota. Fonte: Folha Manha

Nenhum comentário:

Postar um comentário