segunda-feira, 2 de abril de 2018

Governo autorizou e remédios ficam mais caros

Os preços dos remédios vão aumentaram até 2,84% a partir do último sábado (31/03). A correção foi autorizada pelo governo e aumento publicado em edição extraordinária do Diário Oficial da União de quinta-feira (29/03). Os reajustes serão de 2,09%, 2,47% ou 2,84%, conforme o tipo do medicamento, conforme resolução da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed). Com a variação, a correção média será de 2,43%.

Os percentuais poderão ser aplicados em cerca de 13 mil apresentações disponíveis no mercado varejista. O Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma) destacou que o reajuste incide sobre a tabela de Preços Máximos ao Consumidor (PMC) e não provoca aumentos automáticos nem imediatos nas farmácias e drogarias, principalmente em relação aos remédios que têm grande concorrência. A entidade recomenda que o consumidor pesquise as melhores ofertas.

Os índices deste ano estão abaixo da inflação de 2017, que foi de 2,95%. No ano passado, o reajuste dos preços variou entre 1,36% e 4,76%. Em 2016, o aumento máximo autorizado foi de 12,5%. Fonte: Jornal O Dia  

Nenhum comentário:

Postar um comentário