terça-feira, 10 de abril de 2018

Falsa acusação de assalto em Campos ganha repercussão nacional

Era uma cena comum: Gilberto Motta Freitas Junior, que estava em uma moto, tirava o capacete enquanto se despedia de sua esposa, Karine Leite, na avenida José Alves de Azevedo, próximo à esquina com a Avenida 28 de Março, no Centro de Campos. No entanto, quem passava de carro no momento, interpretou mal a situação, tirou uma foto e encaminhou para as redes sociais, acusando Gilberto de assalto. O jovem usou sua conta para desmentir o caso e o assunto ganhou repercussão nacional, após parar no site “Catraca Livre”.

No último dia 4, Gilberto usou sua conta no Facebook para avisar aos amigos que circulava nas redes sociais a imagem com uma acusação de assalto. “Meus amigos essa é minha esposa. Alguém postou essa foto em um grupo dizendo que eu estou assaltando e isso não é verdade”, esclareceu Gilberto.

A foto, que foi compartilhada mais de 16.330 vezes, trouxe à tona, mais uma vez, o alcance das redes sociais e a importâncias de usá-las com responsabilidade. O jovem ganhou a solidariedade dos usuários da rede. “Olha como funciona o Fake News. Que irritante. Parem de compartilhar as coisas sem saber a fonte”, disse um internauta.

Apesar das inúmeras mensagens de apoio, houve quem tentasse justificar o caso:

“Poxa… Até eu quando olhei a foto, achei que era sobre algum assalto…não vou mentir… Só que não foi por racismo não, longe disso… Foi por medo mesmo, foi mais por medo da Moto… Todo mundo se treme quando uma moto vai chegando perto, não mintam… A maioria dos assaltos hoje em dia acontece assim… Outro dia fui por o lixo pra fora de noite, um amigo de moto foi parando para me saudar, só que eu fiquei com tanto medo que minha pressão até subiu, passei muito mal, eu nem olhei a placa…. Ele pediu desculpas quando tirou o capacete e viu meu estado… É MEDO MESMO….”, justificou outra internauta.

A mesma imagem também repercutiu no perfil do Instagram “Problematizadores” com a seguinte legenda: “Foto de rapaz negro com esposa branca circula como suposto assalto (…) Muitos lamentaram o estereótipo racista assumido por quem fotografou e divulgou a imagem. Só pelo simples fato dele ser negro isso é revoltante!”, comentou o perfil. A postagem tinha mais de 5.580 curtidas e 138 comentários até a tarde desta segunda-feira (09). Fonte: JornalTerceiraVia

Nenhum comentário:

Postar um comentário