domingo, 22 de abril de 2018

Briga, taça escondida e toda a confusão da final da Taça Rio sub-20

O Fluminense venceu o Vasco por 5 a 3 em São Januário para garantir o título da Taça Rio Sub-20 e a vantagem para a semifinal do Campeonato Carioca da categoria, contra o próprio Vasco. Mas a festa da conquista foi ofuscada por uma briga generalizada entre jogadores e torcedores no campo de jogo.
Briga, taça escondida e bronca em garoto: toda a confusão da final da Taça Rio sub-20

Tudo começou no momento do quinto gol tricolor. O Vasco pressionava em busca do empate no último lance da partida, com o goleiro na área, quando o Flu conseguiu um contra-ataque para matar a partida. Ao receber a bola sozinho na pequena área, Samuel, centroavante reserva, fez uma dancinha antes de colocar a bola na rede.

A provocação foi o estopim para uma briga generalizada entre os atletas das duas equipes e a invasão da torcida vascaína, que ocupava o setor das cadeiras sociais do estádio de São Januário.

Os jogadores do Fluminense precisaram deixar o gramado por um portão lateral e ir para o vestiário por dentro do estacionamento do estádio. A taça, que seria entregue ao campeão, precisou ser retirada de campo rapidamente pelos funcionários da Ferj, assim como as câmeras que faziam a transmissão da federação.

 Festa tardia no campo
Após deixarem o campo e irem ao vestiário, os jogadores do Fluminense não sabiam como seria a entrega da taça. Diogo, capitão tricolor aguardava ansiosamente a oportunidade de levantar o primeiro troféu de sua carreira. Fonte: GloboEsporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário