terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Inscrições abertas para cursos de qualificação profissional em SFI

A Secretaria Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social (SMTDS) iniciará, a partir desta terça-feira (23/01), as inscrições para cursos de qualificação profissional em São Francisco de Itabapoana (SFI). No total serão ofertadas mais de 200 vagas direcionadas para todas as escolaridades com descontos que variam de 11 a 100% dependendo do curso pretendido.

O Geração de Trabalho e Renda (GTR) da SMTDS ofertará vagas para os cursos de Arte em Conchas, Biscuit, Cabeleireiro, Capitonê e Corte e Costura, todos com certificados e professores qualificados. As modalidades do GTR formaram no semestre passado 174 pessoas e muitas delas já se encontram trabalhando no mercado local, aproveitando a alta temporada para vender para moradores, veranistas e turistas produtos que aprenderam no decorrer da formação.

Em parceria com uma Pré-Sal, escola de formação profissional, serão ofertadas bolsas de 100% para os cursos de Taifeiro e Montador de Andaime, com 25 vagas cada uma, além dos cursos com Salvatagem/HUET, com descontos entre 11 e 57%, cuja relação completa das oportunidades pode ser conferida na tabela abaixo da matéria.

“Uma das novidades da secretaria para este ano é o Curso de Padeiro e Confeiteiro, capacitação destinada a pessoas que estejam cadastradas no CadÚnico Federal. A modalidade é uma das que mais geram empregabilidade, haja vista a alta demanda por produtos de panificação”, ressaltou o secretário municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fagner Azeredo.

No decorrer da aprendizagem, o aluno também fará um curso de segurança alimentar, exigência obrigatória para quem busca trabalhar offshore (fora da costa marítima), ou em grandes empresas que necessitem do profissional. Serão ofertadas 80 vagas divididas entre os turnos da manhã e da tarde.

“Estamos muito felizes em ofertar estes cursos para a população, que é um desejo muito antigo do nosso povo e um dos compromissos assumidos pela prefeita Francimara. Qualificar a mão de obra local é um passo importantíssimo para que possamos enfrentar esta crise econômica que assola o país, consequentemente, a nossa cidade também, então, não poderia me furtar desta responsabilidade confiada a mim”, destacou Azeredo. Fonte: Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário