quarta-feira, 15 de novembro de 2017

São Francisco de Itabapoana decreta emergência

O município de São Francisco de Itabapoana (SFI) também decretou situação de emergência por 90 dias devido à seca provocada pelo longo período de estiagem no município, afetando o setor agropecuário. O documento foi assinado nesta sexta-feira (10/11)

Segundo dados da Emater-Rio/UFRRJ, em 160 dias ocorreu um índice de precipitação pluviométrica de 13,4mm, bem abaixo da média histórica de 1200 a 1500mm. Em decorrência da estiagem, houve um comprometimento nos mananciais, prejudicando o armazenamento de água e provocando sérios problemas de abastecimento para o consumo humano e animal.
De acordo com relatório, houve uma redução de 35% na produção leiteira em SFI devido à estiagem prolongada. Já em relação à pecuária de corte, a diminuição atingiu 40% provocadas pela insuficiência de pastagem e de água para o gado bovino.

Na agricultura, as perdas atingiram parcialmente as produções de abacaxi, abóbora, mandioca para a mesa e indústria e goiaba.

O decreto assinado pela prefeita Francimara Barbosa Lemos  autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais, sob a coordenação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, convocação de voluntários e realização de campanhas de arrecadação de recursos junto à comunidade para facilitar as ações de assistência à população afetada e ainda nas respostas aos desastres advindos da severa estiagem, e/ou desertificação, e reabilitação do cenário e reconstrução, entre outras medidas.

Dezeseis municípios do Norte e Noroeste fluminense já decretaram Estado de Emergência, 13 deles já estão com a decisão homologada pelo Estado. Desses, 11 já tiveram também o reconhecimento da situação de emergência pelo governo federal. Fonte Redação/Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário