sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Nota da Executiva Estadual do PR

Por 39 votos a favor e 18 contra, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro votou pela revogação das prisões de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi. Dos 70 deputados, 11 não compareceram à sessão e um deputado abteve de votar. O trio, que é investigado por corrupção, associação criminosa, lavagem e evasão, foi libertado por volta das 18h, cerca de uma hora e meia após o fim da sessão. 

O Partido da República emitiu nota sobre a postura de seus parlamentares. Veja abaixo!

"Diante do posicionamento contrário à orientação partidária, adotado pelos deputados estaduais Renato Cozzolino e Nivaldo Mulim, que votaram pela revogação da prisão de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, esta comissão encaminhará à Justiça Eleitoral a expulsão dos referidos parlamentares dos quadros do PR. Quanto ao deputado Bruno Dauaire, que se absteve, também contrariando a orientação da Executiva Estadual, porém não contribuindo para o placar favorável aos deputados presos, será encaminhado à Comissão de Ética para avaliar sua conduta." Fonte: Blog do Garotinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário