sexta-feira, 2 de junho de 2017

Ministério Público do RJ pede prisão preventiva de Anthony Garotinho

Pedido ainda será analisado pelo judiciário (Foto: Wilton Júnior/Estadão Conteúdo)O Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) pediu à Justiça a prisão preventiva do ex-governador do estado do Rio Anthony Garotinho, do PR. O pedido é relacionado às investigações da Operação Chequinho, que apura um suposto esquema de compra de votos nas eleições municipais do ano passado em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense.

Garotinho é um dos réus da ação penal da Chequinho. O político chegou a ser preso pela Polícia Federal em novembro de 2016.

O pedido foi feito nessa quarta-feira (01) e chegou à Justiça nesta quinta-feira (02). O pedido ainda será analisado pelo judiciário. O juiz Glaucenir de Oliveira confirmou ao G1 o recebimento do pedido.

Em nota, o advogado de Anthony Garotinho, Fernando Fernandes, informou que o promotor está desafiando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ao pedir prisão de Garotinho e ingressa com exceção do juiz substituto. Segundo Fernandes, as razões constantes no pedido são uma afronta a decisão do TSE, que deu liberdade de manifestação ao ex-governador.

“Caso qualquer autoridade local se sinta ofendida com as denúncias do ex-governador, as mesmas têm o direito de representar contra Garotinho e até mesmo processá-lo”, disse o advogado. Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário