quinta-feira, 4 de maio de 2017

Pai preso por matar e enterrar o corpo do próprio filho

Preso na noite desta quarta-feira (04/05), o pai do menino Robson Júnior, de 13 anos, assumiu a responsabilidade pela morte do próprio filho. O adolescente foi encontrado morto no dia 06 de março deste ano, na faixa de areia da Praia Secam, em Araruama, na Região dos Lagos. Robson da Silva foi preso acompanhado do advogado, que defendeu inocência do cliente.

Segundo informações da polícia, a investigação envolveu coleta de provas minuciosas como filmagens de câmeras de segurança, informações telefônicas, GPS, entre outras. Diante disso, a polícia afirma que o pai do menino foi visto nas redondezas do curso, onde havia sido visto pela última vez em vida e também no local onde o filho foi encontrado quatro dias depois de seu desaparecimento.

Inicialmente, o pai teria contado uma versão fantasiosa, envolvendo terceiros para reforça seu álibi, porém todos foram convidados para prestar depoimentos e negaram a história contada por ele. Já na 118ª Delegacia de Polícia (DP), confrontado pela polícia, o pai mudou a versão e disse que havia convidado o filho para ir à praia, onde Robson teria se afogado e o pai enterrado o filho para não ser responsabilizado.

A polícia contesta a segunda versão do pai e diz que as evidências apontam que o adolescente teria sido porto por conta de disputa envolvendo pagamento de pensão alimentícia. O pai encontra-se preso na delegacia da cidade.

A enfermeira Ana Carolina, madrinha de Robson Junior, postou no Facebook a seguinte mensagem: “Encontrado o assassino do meu afilhado Robson Junior. Foi o pai biológico. O mesmo está preso. Obrigado meu Deus, Justiça feita”.  Reportagem: Redação/JOC1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário