quarta-feira, 10 de maio de 2017

Juiz determina retorno dos PMs de Campos deslocados para São Gonçalo

O juiz Eron Simas, da 4ª Vara Cível de Campos, suspendeu o ato administrativo que determinou o deslocamento de 40 policiais militares do 8º Batalhão (Campos) para auxiliar o 7º Batalhão, em São Gonçalo. O pedido foi formulado pela Defensoria Pública. A decisão deve ser cumprida em 24 horas, sob pena de multa diária e pessoal de R$ 10 mil, sem prejuízo das sanções criminais. O magistrado determinou ao oficial de Justiça de plantão que intime, com urgência, o secretário Estadual de Segurança, os comandantes Geral da Polícia Militar e o do 6º Comando de Policiamento de Área.
A Defensoria argumentou que Campos é o maior do interior do Estado e o 8º BPM conta com apenas 1/3 do efetivo ideal. Ainda assim, o comando da Polícia Militar determinou o deslocamento de efetivo para Região Metropolitana. A Defensoria observou, também, que a medida fortalece a sensação de insegurança já tão presente na população campista.

Em sua decisão, o juiz observa que o Estado “não pode atender os reclamos de segurança pública de uma determinada região do Estado e reduzir o já insuficiente e desfalcado efetivo policial de outra região”. Fonte: Fmanha- Por Arnaldo Neto

Nenhum comentário:

Postar um comentário