terça-feira, 14 de março de 2017

Familiares de morto com suspeita de febre amarela internados

A esposa e o tio de Watila Santos, de 38 anos, que morreu no último sábado (11/03), com suspeita de febre amarela, no município de Casimiro de Abreu estão internadas no Hospital Municipal Ângela Maria Simões Menezes.

A esposa M.C., de 31 anos e o tio J.O.S., de 45 anos deram entrada no hospital na manhã desta segunda-feira (13/03). Segundo o secretário de saúde do município, Ibson Júnior, a esposa e o tio deram entrada no hospital com alguns sintomas.

“A esposa do Watila chegou ao hospital com dor de cabeça, enquanto o tio passou por exames na manhã desta terça-feira onde ficou confirmado o quadro de dengue. Estaremos monitorando os pacientes à todo momentos e novas análises serão realizadas”, disse o secretário. 

CASO SUSPEITO - Watila Santos deu entrada no hospital com a pele amarelada, além de dores de cabeça, febre e dor no corpo e sofreu duas paradas cardiorrespiratórias antes de morrer no mesmo dia da internação. O homem era morador da zona rural da cidade.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, dos 30 casos suspeitos notificados até agora da febre, todos foram descartados. Se for confirmado, esse pode ser o primeiro caso de morte por febre amarela no estado do Rio de Janeiro.  Fonte Ururau

Nenhum comentário:

Postar um comentário