sábado, 26 de novembro de 2016

Marcos Bacellar na Câmara de Campos

bacellar-768x576O ex-presidente da Câmara de Campos Marcos Bacellar (PDT) terá uma cadeira na próxima legislatura. Uma decisão da ministra Luciana Lóssio, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), valida os 2.685 votos recebidos por ele no pleito deste ano. Até então, os votos estavam barrados já que Bacellar teve o registro foi indeferido no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), após uma ação movida pelo ex-subsecretário de Governo, Thiago Godoy (PR).

Com a entrada de Bacellar, ainda não oficializada no sistema do TSE, quem deve sair é Cecília Ribeiro Gomes (PT do B), que fica como suplente.

Lóssio — A decisão sobre Bacellar foi expedida pela mesma ministra que concedeu liminar para o ex-governador Anthony Garotinho (PR) deixar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Complexo Penitenciário de Bangu na semana passada e relatou o pedido de habeas corpus avaliado pelo Plenário na semana passada. Fonte: Por Arnaldo Neto / Folha da Manha

Nota: Marcos Bacellar foi eleito pela primeira vez vereador em 2004 com 4.452 votos, representando o PT do B. No curso daquela gestão ocorreu eleição para a nova Mesa Diretora do Legislativo onde se saiu vitorioso como Presidente, no período de 2007 – 2008. Aos 66 anos, Bacellar retornará a Câmara Municipal de Campos para o exercício de 2017 - 2020. Parabéns e sucesso ao parlamentar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário