quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Bancários chegam a 23 dias de greve

A greve dos bancários continua. A reunião da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de ontem terminou sem acordo. Uma nova rodada de negociações foi marcada nesta quarta-feira (28).

Resultado de imagem para greve bancos continuaA greve dos bancários completou três semanas e já fechou quase 14 mil agências no país, segundo o último balanço da Contraf-CUT. Segundo o sindicato da categoria no Norte Fluminense, 85% das agências permanecem fechadas, porém, mais funcionários aderiram ao movimento: antes, 800 servidores estavam paralisados (81%); agora, 910 funcionários estão de braços cruzados (93%). De acordo com o sindicato da Região dos Lagos, a média é de cinco funcionários atuando em cada agência.

Petroleiros – A categoria dos petroleiros também se movimenta para cruzar os braços. Mais de mil petroleiros já participaram das assembleias convocadas pelo Sindipetro-NF.

Além da rejeição da contraproposta quanto a índices salariais, os trabalhadores estão aprovando os indicativos de Estado de greve, aprovação do Estado de Assembleia Permanente e realização da “Operação Para Pedro” a partir de amanhã. (A.N.) (D.P.P.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário