segunda-feira, 4 de julho de 2016

Pilates ganha cada vez mais espaço em São Francisco

Uma nova modalidade, que visa promover uma melhor qualidade de vida, está caindo nas graças dos sanfranciscanos. Motivos para escolher o Pilates não lhe faltam: a atividade melhora o desempenho em corridas, combate dores e auxilia na prevenção de fraturas osteoporóticas. Segundo a fisioterapeuta Isabela Rangel, ( que aplica o pilates na Cisem-Med no centro de São Francisco), o método tem como princípios a respiração completa, o acionamento do centro de força (músculos abdominais), a precisão, o controle, a fluidez e a concentração. O Blog do Noel Junior conversou com a Isabela para conhecer melhor as diversas áreas de atuação do Pilates. Confira alguns benefícios:

Combate ao estresse: ao longo do curso, os praticantes adquirem um poder maior de controle sobre o corpo, o que possibilita lidar melhor com situações de estresse, ansiedade e nervosismo.

Ameniza dores: O Pilates é muito recomendado para pessoas com dores, principalmente nas costas. "Os exercícios promovem o realinhamento da coluna e o fortalecimento da musculatura abdominal, fazendo com que naturalmente deixemos de forçar as costas ao realizarmos esforços físicos", esclarece a fisioterapeuta.

Melhora a respiração:
"O indivíduo que tem estresse ou ansiedade constante interrompe a respiração normal, gerando um bloqueio no músculo do diafragma", explica.

Auxilia na gravidez: Recentemente, a fisioterapeuta Isabela Rangel desenvolveu sessões de pilates para gestantes. Ela explica que durante a gestação, os músculos abdominais se distendem para acomodar o crescimento do bebê e, por causa disso, podem ficar enfraquecidos. Os músculos do assoalho pélvico também sofrem grande pressão e tendem a se alongar e a se movimentar mais para baixo da bacia. Como consequência disso, fica muitas vezes difícil contrair esses músculos e segurar a essa contração por algum tempo.

Se os músculos pélvicos ficam fracos demais, algumas mulheres têm problemas com escapes de urina ao tossir, espirrar e dar risada. No caso da musculatura abdominal, pode haver dor nas costas ou na região pélvica. É aí que o pilates exerce seu papel, ajuda a aliviar a pressão sobre as costas e a bacia, além de ser ótima para auxiliar os bebês a se movimentar na direção certa para a hora do parto.

Outros benefícios do pilates está na correção da postura, trabalha os músculos, melhora o desempenho em corridas e até mesmo desempenho sexual, entre outros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário