quarta-feira, 25 de maio de 2016

Prefeitura de São João da Barra decreta emergência econômica

O prefeito de São João da Barra, José Amaro Martins de Souza, Neco, espera economizar R$ 8 milhões por mês com os cortes anunciados através do decreto de emergência econômico-financeira com a determinação da limitação de despesas. O decreto foi divulgado no diário oficial do município neste domingo (22/05).

Segundo Neco, os cortes eram inevitáveis diante da queda de arrecadação do município.

“Em 2014, arrecadamos R$ 425 milhões, no ano passado caiu para R$ 346 milhões e neste ano até agora R$ 88 milhões. Neste ritmo, arrecadaremos R$ 250 milhões neste ano, ou seja, uma queda brusca que nos fez ter necessidade imediata de corte de despesas”, disse. Fonte: Ururau

Nenhum comentário:

Postar um comentário