sábado, 21 de maio de 2016

'Deus vai me ajudar', diz garçom demitido por equipe de Temer

Funcionários trabalham na limpeza do Palácio do PlanaltoDesligado do Palácio do Planalto, onde trabalhava como garçom há nove anos, José da Silva Catalão, de 52 anos, passou a fazer parte da estatística dos mais de 10 milhões de brasileiros que estão desempregados. Elogiado pelo ex-presidente Lula, na sua página oficial no Facebook, que o descreveu como um "funcionário exemplar", José foi mandado embora pela equipe de Michel Temer - segundo ele, a notícia não foi dada pelo presidente em exercício. O homem diz que o motivo da demissão não foi informado, mas não acredita que tenha sido porque ele é apoiador de Lula e Dilma.

José recebia um salário líquido de R$ 3.870, segundo o Transparência Brasil. Como não era concursado, hoje corre atrás de um novo emprego.

- Tudo na vida é difícil, as coisas estão caras, mas Deus vai me ajudar, as portas vão se abrir. Tudo está difícil e tem que correr atrás. Estou indo lutar, o Brasil todo está. A crise não é só aqui não - disse José, que mora com a esposa e tem três filhos. Fonte: Extra

Nenhum comentário:

Postar um comentário