sexta-feira, 1 de abril de 2016

Vice pede afastamento do prefeito de Macaé

O vice prefeito de Macaé, Danilo Funke, protocolou esta semana, dois pedidos de afastamento do prefeito Aluízio dos Santos. Os pedidos foram protocolados no Ministério Público Federal e na Câmara de Vereadores.

Funke alega nos documentos, que o atual prefeito não tem condições políticas e administrativas de prosseguir a frente da gestão municipal, pelo que ele cita como “suposto envolvimento na Operação Lava Jato”. Segundo o vice prefeito, a Odebrecht ainda mantém um contrato com a Prefeitura de Macaé e presta serviços sem qualidade, cobra uma taxa de esgoto que ele considera abusiva e não haveria transparência na arrecadação do contrato. O vice prefeito se refere ao caso das planilhas apreendidas na Operação Acarajé, onde constam nomesm de 200 políticos, dentre eles, o prefeito de Macaé. O caso ainda está sob investigação.

Danilo Funke, disse ainda, através de uma postagem no Facebook, que já havia falado com o prefeito com relação a Odebrecht: “Fico tranquilo, porque votei contra em 2011 quando era vereador, e em 2012, avisei dos riscos ao prefeito, que claramente comprometido com a Odebrecht (hoje sabemos o porquê) prometeu que tiraria e não tirou a PPP(Parceria Público-Privada) quando assumisse o governo.”, postou.

Ele também postou as fotos dos documentos protocolados na Câmara Municipal e no Ministério Público Federal.

O prefeito Aluízio ainda não se pronunciou sobre os pedidos de afastamento. Fonte: Ururau

Nenhum comentário:

Postar um comentário