domingo, 24 de abril de 2016

SFI antecipa vacinação contra gripe

A Secretaria de Saúde de São Francisco de Itabapoana, em parceria com o Ministério da Saúde e o governo do Estado, antecipou a vacinação contra a Influenza (gripe H1N1), para começar nesta segunda-feira(25) de abril, data quando a campanha será lançada no município e em todo o estado do Rio. A campanha de imunização foi antecipada devido a situação epidemiológica do país e para atender o público-alvo considerado prioritário pelo Ministério da Saúde. A campanha nacional de vacinação iniciará a partir de 30 de abril em todos território nacional.

Estão disponíveis diversos locais de vacinação em diferentes pontos da cidade, que funcionarão ininterruptamente das 08h às 17h. São eles: Centro de São Francisco (Clínica da Família), ESF Guaxindiba, ESF Gargaú, ESF Barra de Itabapoana, ESF Travessão de Barra, ESF Praça João Pessoa e no Centro de Vacinas em anexo ao Hospital Municipal Manoel Carola - HMMC, em Ponto de Cacimbas.

O Secretário de Saúde do município Dr. Jayme Tinoco Neto ressaltou a importância da antecipação da campanha. “Nosso objetivo é imunizar todas as pessoas que estão nos grupos de risco, quanto mais tempo tivermos será melhor”, completando ainda que a população deve adotar alguns cuidados básicos para evitar contrair a gripe H1N1, como lavagem das mãos várias vezes ao dia; evitar tocar a face com as mãos e proteger a tosse e o espirro, com lenço descartável; manter os ambientes ventilados; evitar aglomerações e ambientes fechados.

          A vacina aplicada será a trivalente, que protege contra H1N1, H3N2 (ambos vírus da Influenza A) e uma cepa da influenza B.

 Público-alvo da vacina: Terão direito à vacina: crianças de 6 meses a 5 anos de idade, gestantes, mães até 40 dias após o parto, idosos, profissionais de saúde, indígenas, detentos e portadores de doenças crônicas.

Você sabe como se contrai o vírus Influenza, ou seja, a gripe?

Ele é facilmente transmitido de pessoa para pessoa. Quando uma pessoa infectada espirra, tosse ou fala, expele pequenas gotículas que contêm o vírus e que podem ser inaladas por outras pessoas.

 O vírus entra no nosso organismo pelo nariz, onde se multiplica, disseminando-se para a garganta e para o restante das vias respiratórias, incluindo os pulmões. Depois são necessários entre 1 a 4 dias até o aparecimento dos sintomas – é o chamado período de incubação.

 “O objetivo dessa campanha de vacinação é reduzir a mortalidade, as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus da Influenza”, finalizou Tinoco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário