quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Tarifa de luz cairá 0,2% em 2016

O ano de 2016 deverá trazer redução média de 0,2% para os consumidores residenciais brasileiros, com os estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste registrando quedas na conta de luz, beneficiados por chuvas nas áreas de hidrelétricas.

A tendência de baixa após dois anos de altas nas tarifas, segundo estudo da consultoria TR Soluções, deve aliviar a pressão sobre a inflação e é resultado de chuvas favoráveis em janeiro e no início de fevereiro, que ajudaram a recompor os reservatórios de hidrelétricas e permitiram o desligamentos de térmicas, cujo custo é mais elevado.

O efeito médio para os consumidores do Sudeste e do Centro-Oeste será uma redução de 3,8%, enquanto no Sul a queda será de em média 3,4%, informou à Reuters a consultoria, especializada em cálculos de tarifas.

No Nordeste, por outro lado, a TR Soluções estima que deve haver elevação das tarifas, com efeito médio para o consumidor de 12,3%. A região, que havia sido menos afetada por altas nos anos anteriores, sofre os efeitos de uma severa seca nas hidrelétricas.

A maior parte da conta das termelétricas é custeada pelo consumidor por meio das bandeiras tarifárias, que elevam a tarifa de acordo com o uso dessas usinas.
Com o desligamento de mais térmicas em março, a bandeira nas contas deverá passar para amarela, ante a atual vermelha, o que representará cobrança extra de R$ 1,5 a cada 100 kilowatts-hora consumidos, ante R$ 3 na faixa vermelha. (A.N.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário