sábado, 16 de janeiro de 2016

Crise: um ano após Rosinha cortar gastos, Neco reduz salários e serviços em SJB

????????????????????????????????????O que foi feito há um ano pela prefeita Rosinha Garotinho, garantindo, assim, salários em dia para os servidores de Campos, somente agora é adotado pelo prefeito de São João da Barra, Zé Amaro Martins de Souza, Neco. Ele anunciou nesta quinta-feira (14), medidas de economia para diminuir os efeitos da grave crise financeira que assolam o país e, consequentemente, o município, principalmente os que são produtores de petróleo.  Os contratos com as empresas vão ter uma redução de 30% em seus valores. Além disso, será enviado para Câmara um projeto de lei que determina a redução de 10% no salário do prefeito, vice-prefeito, cargos comissionados e funções gratificadas. As medidas, segundo a prefeitura, devem gerar economia de R$ 5 milhões por mês.

“Durante todo o ano de 2015, atuamos para diminuir o máximo os efeitos desta grave crise financeira que afeta todo nosso país”, disse Neco.

Em 2015, a prefeitura de São João da Barra esperava arrecadar R$ 347 milhões em receitas provenientes dos royalties do petróleo, porém, entraram nos cofres do município R$ 176 milhões, ou seja, uma perda de R$ 171 milhões.

“É preciso manter os pés no chão, e continuar com as execuções dos serviços públicos, além disso, é necessário manter o nosso orçamento equilibrado para que não sejam cometidos erros financeiros. Toda minha equipe orçamentária busca de forma incansável aliviar ou diminuir os efeitos desta crise sem precedentes”, encerrou.

Segundo o secretário de Fazenda, Édson Cláudio, os ajustes anunciados pelo prefeito Neco confirmam a responsabilidade da atual gestão perante a população.

Nenhum comentário:

Postar um comentário