segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Ex-prefeito de São Fidélis segue internado em Itaperuna

O ex-prefeito de São Fidélos, Davi Loureiro (PR), que sofreu uma tentativa de homicídio na tarde da última sexta-feira, na RJ-116, próximo ao trevo de Campelo, em Miracema, segue internado em Itaperuna, no hospital São José do Avaí. Ontem, durante programa de rádio, o ex-governador Anthony Garotinho (PR), amigo pessoal de Davi, informou que os médicos optaram por não remover as duas balas. “Eles vão aguardar novos exames e essa decisão será tomada na segunda-feira. Milagrosamente, graças a Deus, ele está lúcido e bem”, disse.

O político estava em um carro que seguia em direção ao município de Santo Antônio de Pádua, quando foi surpreendido por vários disparos, na parte traseira e nas duas laterais do veículo, que teve os vidros quebrados. Ele teria sido atingido por dois tiros, sendo um na região do pescoço e outro próximo a costela. “Uma bala está alojada em sua nuca. Os médicos disseram que ele nasceu de novo, já que algo pior poderia ter ocorrido”, disse Garotinho.

David foi socorrido por uma viatura da PM e encaminhado para o Hospital de Miracema. Ele foi prefeito de São Fidélis por dois mandados consecutivos, entre 2000 e 2008. David Também presidiu a Associação de Municípios do Estado do Rio de Janeiro e foi secretário de obras em Campos. Na noite da última sexta-feira, sob escolta, ele foi transferido para Itaperuna.

Garotinho usou o seu blog para listar as batalhas do aliado contra figuras poderosas. “Ultimamente, Davi vinha denunciando uma máfia que falsificava carteiras de motorista em São Fidélis e na região noroeste. Essa pessoas, incluindo o atual prefeito da cidade, Fenemê, estão denunciadas e algumas até com pedido de prisão. Eles odeiam Davi Loureiro”, disse Garotinho. Em um programa de rádio, ele disse que “tudo leva a crer que foi um atentado político”.

Segundo Garotinho, Davi foi escolhido para visitar os municípios do Noroeste e preparar o PR para as eleições municipais. “O seu trabalho estava sendo bastante exitoso, inclusive na cidade de Miracema, onde o prefeito eleito pelo PR, um ex-policial militar de nome Joedir Orsay nos traiu e na campanha apoiou o governador Pezão. O candidato escolhido para nos representar em Miracema lidera disparado nas pesquisas, o que tem incomodado a muitos poderosos da cidade. Não estou fazendo nenhuma acusação, estou apenas pedindo apuração”, disse. Fonte: Blog do Bastos, Folha  da manha

Atualizaçao as 10:50h:  O ex-prefeito de São Fidélis, Davi Loureiro, recebeu alta do Hospital São José do Avaí – Itaperuna-RJ neste domingo. Davi foi vítima de uma tentativa de homicídio ocorrida na última sexta-feira.

Com informações do jornalismo da Rádio Absoluta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário