sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Com carência de homens, moradores de cidade chinesa têm até três namoradas

Monogamia ainda é considerada um dos pilares da nossa sociedade, embora em algumas culturas ela não seja um tabu.

Mas em uma cidade da China, a monogamia não é bem-vinda. E não tem nada a ver com questão cultural. O motivo é bem simples: está faltando homem em Dongguan.

Localizada na província de Guangdong, Dongguan está sendo chamada de "Capital do Sexo". Tudo porque os homens que moram na cidade têm até três namoradas cada. E ninguém se incomoda. O ciúme foi abolido.

"É muito mais fácil aqui achar uma namorada que um emprego", disse um morador a uma emissora local.

Li Bin, um operário da província de Sichuan que foi trabalhar em Dongguan, comentou:

"Tenho três namoradas, e todas elas sabem uma da outra."

"Há muitas mulheres em Dongguan, e elas não querem dinheiro. Elas só querem um homem", relatou A Yi, de 25 anos, outro nativo de Sichuan.

Segundo um grupo de defesa dos direitos das mulheres em Guangdong, as moradoras da cidade preferem fingir não saber que compartilham o mesmo homem. Algumas delas são colegas de trabalho.

Graças à política de apenas um filho na China, o desequilíbrio entre homens e mulheres é grande na China. A preferência por filho se alastrou pelo país. Um grande número de mulheres recorreu a aborto clandestino ao tomar conhecimento de que carregava uma menina no ventre. Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário