segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Obras da ponte entre São Francisco e São João da Barra avançam

A construção da ponte da Integração, que ligará os municípios de São João da Barra a São Francisco de Itabapoana, chegará à fase de construção dos pilares no rio Paraíba do Sul na próxima semana. Segundo o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ) em Campos, Ivan Figueiredo, a previsão é que até terça-feira (4) sejam concluídas as colunas de sustentação no território sanjoanense e, em seguida, serão construídos os pilares no rio, a fase mais complexa da obra. Na sexta-feira (31), os mais de 100 trabalhadores envolvidos na construção finalizavam os últimos pilares em São João da Barra. No total, são 35 pilares, sendo 17 no trecho do rio, 14 em São João da Barra e quatro em São Francisco.

— Vamos entrar agora no rio. Já foi tudo definido e na semana que vem vai começar a chegar equipamento e material para construção destes pilares — afirmou Ivan, acrescentando que nessa nova fase será “uma surpresa” a cada um dos 17 pilares que ficarão rio Paraíba, já que em alguns pontos a profundidade chega a cinco metros e em outros há barrancos de areia que deixam a lâmina d’água em 70 cm, o que vai atrapalhar a passagem dos equipamentos que serão utilizados na obra.

Se pelo lado de São João da Barra a conclusão está prevista para terça, São Francisco de Itabapoana tem dois dos quatro pilares prontos. A previsão do DER-RJ é que os outros dois comecem a ser construídos na próxima semana. “Vamos lançar as vigas para começar a fazer o tabuleiro da ponte em São Francisco de Itabapoana. Daí a agente vai começar a fazer os outros dois”, disse Ivan. A obra no território sanfranciscano sofreu uma pequena alteração devido à passagem de uma rede de energia elétrica que atrapalharia o trabalho das máquinas, mas, segundo Ivan, não é nada que atrapalhe o planejamento inicial.

A previsão é que a ponte seja concluída até junho de 2016. A obra foi lançada em junho de 2014 pelo governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), mas, segundo Ivan, só começou efetivamente em setembro. No entanto, houve uma paralisação entre dezembro e maio. O canteiro voltou a ser mobilizado em junho, com a liberação de R$ 40 milhões do Governo do Estado. Para conclusão, o DER conta com a liberação de cerca de mais R$ 50 milhões, o que Ivan acredita que deve ocorrer no início do ano que vem. Com 1,3 quilômetros de extensão, a ponte sobre o rio Paraíba do Sul foi orçada em R$ 105.789.109,67. “Daqui a alguns meses já poderemos ir de carro do início da ponte até o rio. Estamos trabalhando para que a conclusão seja em junho”, salientou Ivan. Fonte: Blog do Nino Bellieny/Folha da Manha por Arnaldo Neto Foto: Michele Richa

Nenhum comentário:

Postar um comentário