sexta-feira, 15 de maio de 2015

Algumas maneiras de estragar seu passeio em trilha

Pé na trilhaCalçar o par de tênis de caminhada não é o bastante para fazer um bom passeio em trilha. Quem deseja espantar o sedentarismo e ter mais contato com a natureza precisa também ficar atento a vários detalhes que podem ser imperceptíveis para os marinheiros de primeira viagem, mas fazem muita diferença quando esquecidos. De acordo com Carlos Sandro Carpenter, professor Esportes de Aventura e da Natureza do IBMR, há vários itens de suma importância que precisam ser lembrados, como a escolha da trilha mais adequada e dos equipamentos e roupas próprios para a atividade.Nas imagens a seguir, você confere os erros que podem transformar o passeio em um verdadeiro pesadelo, apontados pelo especialista. Alguns detalhes não podem ser esquecidos, como informação, água e as roupas certas 

Não se informar sobre a trilha a seguir - Para não sofrer na caminhada, é essencial se informar a respeito da duração, inclinação, sinalização e o tipo de terreno do local. Além disso, também é válido ter pelo menos uma pessoa ao lado que conheça o caminho, para evitar erros no trajeto. Dependendo da situação, se não houver alguém que possa indicar por onde passar, o melhor é contratar um guia experiente. 

Não se preocupar com o grau de dificuldade da trilha - Esse ponto está diretamente relacionado ao primeiro. Quem não fica atento às informações básicas de dificuldade da trilha pode ter uma péssima surpresa ao descobrir, por exemplo, que o passeio escolhido dura mais ou é bem mais íngreme do que o imaginado.Isso pode, inclusive, abrir brecha para acidentes e lesões, se a pessoa que está fazendo a atividade for sedentária e insistir em continuar em um trajeto de dificuldade acima de suas capacidades. “Não é necessário ser atleta, mas é importante saber que o esforço físico trará algum desconforto, porém, nada inatingível”, afirma Carpenter. 

Usar roupas pesadas ou desconfortáveis - O esforço físico de uma trilha não precisa ser multiplicado pelo desconforto gerado pela escolha equivocada de uma roupa. Por isso, antes de qualquer coisa, o melhor é escolher roupas leves, como as feitas à base de poliamida, que deixam o suor escorrer e evaporar. 

Continuamos a tratar deste assunto em nossa próxima postagem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário