domingo, 15 de fevereiro de 2015

Orgulho: o primeiro pecado - parte 2

O Mensagem de Fé deste domingo(15/2/15) dará continuidade no texto lido na semana passada, onde tratamos dos males que o orgulho pode trazer para nossa vida. Leia abaixo!

- "Tenho observado como nós, os cristãos, temos nos tornado juízes de todos, quando deveríamos ser conhecidos pelo amor. Alguns se revestem de uma falsa santidade que os impulsiona a julgar a todos os que pensam diferentemente deles. Outros, por sua vez, colocam-se como paradigmas da verdade, fazendo de todos os demais mentirosos.

Por causa do orgulho, a igreja de Cristo está dividida em guetos, partidos, torcidas, tribos, seitas; tudo porque somos incapazes de amar verdadeiramente aos nossos diferentes.
Os fariseus não reconheceram o Messias porque ele convivia com aqueles que eles achavam reprováveis. Isso fez com que Jesus se voltasse para nós, os gentios, ainda que não fizéssemos parte da primeira escolha de Deus.

Hoje, vejo e ouço profetas dessas muitas tribos bradando e vociferando contra aqueles por quem Jesus morreu. Não será o mesmo orgulho que nos tem desviado do propósito simples de pregar o evangelho? De que adianta sermos tão capazes de discernir os erros dos outros, enquanto somos tão inábeis para perceber os nossos próprios?

Não me esqueço nunca de que o orgulho foi a ruína de Lúcifer. E agora, numa madrugada em que o sono não vem, abro meu coração para o meu Senhor, e suplico a ele que me revele sempre a sua graça, para que eu trate o meu próximo com a mesma doçura que espero que me tratem; com a mesma paciência que tenho recebido de Cristo. Afinal, reconhecer a sua graça é extraordinariamente libertador!"  Por Lamartine Posella


Tenha uma semana de bençaos! Amem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário