domingo, 25 de janeiro de 2015

Dois detidos por crime ambiental em SFI

Duas pessoas foram detidas e conduzidas por Policiais Florestais da 3º UPAm(Unidade de Policiamento Ambiental) do Parque do Desengano a 147ª Delegacia Legal de São Francisco de Itabapoana, acusados de praticarem crime ambiental.

Uma delas estava construindo um loteamento em uma área de preservação permanente na Praia de Manguinhos, litoral do município. O proprietário não apresentou as licenças e foi parar na delegacia.
Ainda na Praia de Manguinhos, os policiais conduziram para a delegacia o proprietário de uma residência localizada na Avenida Beira Mar. O proprietário estava construindo e ampliando sua residência que também fica em uma área de preservação permanente.

Ainda na região praiana de São Francisco de Itabapoana, uma área de 10.000 metros quadrados, de vegetação com características de nativa, foi totalmente destruída por um incêndio.

Segundo informações dos Sargentos Rodrigues e Sales da 3º UPAm, responsáveis pelas três ocorrências, o proprietário da área queimada, não foi encontrado, porém a guarnição obteve informações e conseguiu identifica-ló, e mesmo sem ser conduzido para a delegacia, foi feito o registro de ocorrência. Colaboração SFnDuas pessoas foram detidas e conduzidas poe Policiais Florestais da 3º UPAm(Unidade de Policiamento Ambiental) do Parque do Desengano a 147ª Delegacia Legal de São Francisco de Itabapoana, acusados de praticarem crime ambiental.

Uma delas estava construindo um loteamento em uma área de preservação permanente na Praia de Manguinhos, litoral do município. O proprietário não apresentou as licenças e foi parar na delegacia.
Ainda na Praia de Manguinhos, os policiais conduziram para a delegacia o proprietário de uma residência localizada na Avenida Beira Mar. O proprietário estava construindo e ampliando sua residência que também fica em uma área de preservação permanente.

Ainda na região praiana de São Francisco de Itabapoana, uma área de 10.000 metros quadrados, de vegetação com características de nativa, foi totalmente destruída por um incêndio.
Segundo informações dos Sargentos Rodrigues e Sales da 3º UPAm, responsáveis pelas três ocorrências, o proprietário da área queimada, não foi encontrado, porém a guarnição obteve informações e conseguiu identifica-ló, e mesmo sem ser conduzido para a delegacia, foi feito o registro de ocorrência. Fonte: SFNews

Nenhum comentário:

Postar um comentário