terça-feira, 4 de novembro de 2014

World Trade Center reabre 13 anos após atentados terroristas do 11 de Setembro

Treze anos depois dos atentados terroristas em 11 de setembro de 2001, o World Trade Center está sendo reaberto aos negócios.

Nesta segunda-feira, a Conde Nast começa a se mudar para o One World Trade Center, um arranha-céu de 104 andares, construído no local da tragédia ao custo de US$ 3,9 bilhões, e que se destaca por sua altura do tecido construído de Manhattan.

O edifício ocupa o epicentro da área destruída nos atentados, onde se localizavam as torres gêmeas e onde mais de 2.700 pessoas perderam a vida em 11 de setembro de 2011, soterradas sob montanhas de escombros e poeira.

— A linha de prédios da cidade de Nova York está recomposta mais uma vez, à medida que o One World Trade Center ocupa seu lugar na Lower Manhattan — disse Patrick Foye, diretor-executivo da Port Authority de Nova York e Nova Jersey, proprietária tanto dos prédios como da área do World Trade Center.

Foye disse que o World Trade Center “estabelece novos padrões de design, construção, prestígio e sustentabilidade:

— A inauguração deste prédio icônico é o marco principal da transformação da Lower Manhattan num próspero bairro, vivo 24 horas por dia.

Sem os tapumes da obra, o maior edifício dos Estados Unidos é considerado pelo diretor-executivo da Conde Nast, Chuck Townsend, como “um dos prédios de escritórios mais seguros nos Estados Unidos”. Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário