quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Garotinho: “Magal, Albertinho e Gil podem ir”. Tadeu: “Se eles saírem, vão todos os 11”

Foi realizada nesta terça, 28, uma reunião muita tensa, na sede da Prefeitura de Campos, que durou quatro horas, das 16h às 20h, da qual participaram o deputado federal Anthony Garotinho (PR) com os 11 vereadores governistas Genásio (PSC), Jorge Magal (PR), Gil Vianna (PR), Albertinho (Pros), Alexandre Tadeu (PRB), Dayvison Miranda (PRB), Thiago Virgílio (PTC), Neném (PTB), José Carlos (PSDC) e Miguelito (PP) e Álvaro César (PMN). O grupo de parlamentares que se intitula “independentes” fez uma única reivindicação para continuar a integrar a bancada governista: fazer de Genásio o próximo presidente da Câmara Municipal, que Garotinho tencionava manter com Edson Batista (PTB), ou alterná-lo com Paulo Hirano (PR). Acuado, Garotinho respondeu centrando o fogo da sua conhecida metralhadora giratória sobre Magal, Gil e Albertinho, que se lançaram às eleições legislativas de 5 de outubro contra a vontade do líder:

— Magal, Gil e Albertinho podem sair daqui, entregar todos os seus cargos na Prefeitura e ir para a oposição! — disse um exaltado Garotinho.

A novidade, pelo menos desta vez, é que os vereadores se comportaram sendo solidários na resposta forte de Tadeu, na cara de Garotinho:

— Se eles forem para a oposição, vamos todos os 11!

Na dúvida se a coragem e a união demonstradas hoje será mantida, uma certeza: A sessão de hoje (quarta) na Câmara Municipal vai pegar fogo. Fonte: Fmanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário