quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Vereadora cassada em São Francisco de Itabapoana

A vereadora Patrícia Miranda Cherene (PTB), de São Francisco de Itabapoana, teve seu mandato cassado pelo juiz Luis Alfredo Junior, da 130ª Zona Eleitoral na noite desta terça-feira (16), por compra de voto e abuso de poder político. O caso envolve também o candidato derrotado à reeleição a prefeito, Francisco Lemos (PR), e sua vice, Sandra Regina Henriques (PSDC).

Em 2012, eles teriam utilizado servidores municipais em horário integral na campanha, prometendo vantagens se ambos fossem eleitos. Os três ficam inelegíveis por oito anos e ainda foram multados em 15 mil UFIRs, cada um - cerca de R$38 mil. De acordo com o chefe do Cartório Eleitoral do município, Jorge Louback, a decisão é imediata, mas cabe recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

— Hoje ela não é vereadora do município. A Câmara já tomou ciência e deve dar posse imediata ao suplente. Mesmo entrando com recurso no TRE, ela só volta ao cargo com uma decisão liminar, com o recurso analisado — afirmou Jorge.

O presidente da Câmara de São Francisco, Claudio Viana, afirmou que já recebeu a decisão da 130ª Zona Eleitoral, mas a posse do suplente deve acontecer na próxima terça-feira. A vereadora é prima do atual prefeito do município, Pedrinho Cherene. Fonte: Folha da Manha

Nenhum comentário:

Postar um comentário