terça-feira, 26 de agosto de 2014

Escolinha de futebol de São Francisco visita clube do Zico e do Flamengo

Pelo menos quarenta crianças das comunidades carentes de Ilha dos Mineiros, Manguinhos, Sossego e Guaxindiba, em São Francisco de Itabapoana, que frequentam as aulas da escolinha de futebol do projeto Esporte RJ/Zico10, participaram de uma viagem técnica para conhecer o Centro de Futebol do Zico- CFZ, o entorno do Maracanã, a sede do Clube de Regatas do Flamengo e outros atrativos da cidade do Rio de Janeiro.

"Agradeço a prefeitura pela felicidade que proporcionou ao meu filho, que está muito feliz com o que vivenciou. Essa experiência vai ficar na cabeçinha dele para sempre. É a secretaria de esporte sempre fazendo um excelente trabalho de inclusão social", disse Carla Almeida, mãe de aluno.

O Secretário de Esporte e lazer, Noel Júnior, explicou que, ao longo da sua gestão, ele vem estreitando o relacionamento com o Clube do Flamengo e tem surtido efeito positivo para o município.
“Uma visita à Gavea tem o custo de R$ 20,00 por pessoa, mas graças a um entendimento, conseguimos a gratuidade " disse  Noel Junior.

A excursão, que aconteceu no último domingo (24), foi realizada pela Secretaria de Esporte e Lazer, e contou com apoio das secretarias de Saúde, Transporte e Promoção Social da Prefeitura de São Francisco de Itabapoana.

"É sempre bom trabalharmos em sinergia com nossos colegas secretários, o que ajuda na realização do trabalho. O esporte pode ser usado para aproximar sonho de realidade, atribuindo valores educacionais como geografia, história, além de trabalhar a disciplina e o respeito para com o próximo. Essa é uma determinação do prefeito Pedrinho Cherene, que se preocupa não somente com a atividade recreativa e esportiva, mas em formar cidadão por intermédio do esporte e do lazer." Concluiu o secretário de esporte, Noel Junior.

Nota: É incrível o que Deus tem nos concedido. Lembro que como professor de educação física em 2003, realizei um trabalho parecido com este com alunos de Valão Seco e Nova Belém, e hoje, como secretário a história se repete. Quero dizer que as dificuldades em gerir esta secretaria é grande, temos o menor orçamento, não possuímos ainda da estrutura que desejamos, mas com força de vontade, com prazer naquilo que fazemos estamos conseguindo avançar o esporte de nossa cidade. Ainda não me dou por satisfeito, temos muito a fazer e vamos fazer em nome de Jesus!! #Noel Junior

Nenhum comentário:

Postar um comentário