domingo, 8 de junho de 2014

Ele acreditava em si mesmo

Jesus era uma das pessoas mais confiantes que já existiram. Ele via a si mesmo como uma abertura vital para as pessoas: " Eu sou a porta. Quem entrar por mim serás salvo."(João 10:9) Ele acreditava que seu papel também era nutrir os outros,  por isso afirmava ser o "vinho", "o pastor". Ele dizia que tinha vindo para iluminar os caminhos. Em outras palavras, Jesus tinha uma grande confiança em si próprio.

Acreditar em seu potencial é uma qualidade de liderança fundamental. Um líder que oscila para frente e para trás passa a sensação de ser inseguro.

Talvez pensemos que 100% de confiança seja igual a presunção. Arrogância, porém, é insegurança, e não excesso de confiança. Jesus nunca foi arrogante com pessoa alguma. Mesmo quando foi amarrado e pendurado para julgamento Ele não agiu com soberba nem negou seu próprio poder.

Medite nesse texto, e faça a diferença na sua vida e ajude a transformar, promovendo o bem, nas vidas das pessoas. Tenha uma semana de paz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário