sábado, 21 de junho de 2014

APÓS ASSASSINAR MULHER E FILHOS, ITALIANO VAI A BAR ASSISTIR JOGO DA COPA

No último sábado, dia 14 de junho, Carlo Lissi, de 31 anos, depois de assassinar a esposa e os dois filhos, foi assistir ao jogo da Itália contra a Inglaterra com os amigos em um bar. Segundo os policiais, o italiano usou uma faca para apunhalar e cortar a garganta das três vítimas em sua própria casa, localizada em uma área residencial nobre em Motta Visconti, próximo a Milão.

Após o jogo, Carlo retornou à sua casa e ligou pa
ra a polícia, alegando que havia encontrado os corpos da mulher e dos filhos. Em um primeiro momento, os investigadores chegaram a cogitar a ideia de que Maria Cristina Omes, a esposa, havia matado as duas crianças — Giulia e Gabriele, de 5 anos e 20 meses de idade, respectivamente — antes de cometer suicídio. Contudo, a possibilidade foi descartada quando os oficiais não encontraram a arma do crime.

Depois de ser interrogado pela polícia, Carlo acabou confessando o crime e contou que havia jogado a faca que usou para matar a família em um bueiro quando ia a caminho do bar. O italiano foi acusado pelo triplo homicídio e pediu que as autoridades o condenem à sentença máxima. Além disso, Carlo teria dito aos investigadores que cometeu os assassinatos por que está apaixonado por outra mulher.

Nenhum comentário:

Postar um comentário