terça-feira, 20 de maio de 2014

Tristeza, emoção e revolta marcam sepultamento da jovem Isabelle

Num clima de muita tristeza e emoção, aconteceu nesta manhã (20), no Cemitério de São Francisco de Itabapoana, o sepultamento da menina Isabelle Pereira Laurindo, de 10 anos, que foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (19) em um tanque de água para animais na localidade de Campelo, no distrito de Travessão de Campos. Ela estava desaparecida após sua mãe Gilcilene ter sido assassinada no quintal de sua casa no Assentamento Zumbi 4, na última quinta-feira. O sepultamento ocorreu em São Francisco, em razão da maioria dos parentes de Isabele residir naquele município.

Um dos momentos de maior emoção foi diante da Colégio Estadual Pedro Cerqueira, em Imburi, onde trabalha o pai de Isabelli, Ubirajara Pereira. Alu
nos fizeram uma oração e pediram justiça. O corpo não foi velado devido ao estado em que se encontrava.

Durante o sepultamento, familiares passaram mal e precisaram de atendimento médico. Após o sepultamento, populares e amigos saíram às ruas em passeata clamando por justiça. Fonte e Fotos: Campos24Horas






Nenhum comentário:

Postar um comentário