sábado, 17 de maio de 2014

Laura Müller esclarece dúvidas sobre sexualidade

A psicóloga e jornalista pós graduada em Educação Sexual, Laura Müller, ministrou uma palestra nesta sexta-feira (16), primeiro dia da 8ª Bienal do Livro de Campos, no Espaço Jovem do Centro de Eventos Populares Osório Peixoto (Cepop). Laura Muller respondeu perguntas da plateia sobre sexualidade e as transformações do século XXI. Ela comentou sobre a diferença entre a literatura erótica e o filme pornô. O evento, que já é considerado uma das maiores feiras do estado, segue até domingo (25).

- Os homens se excitam pelo visual, por isso gostam de filmes pornô. Já as mulheres se estimulam pela fantasia. E a literatura erótica incentiva a imaginação – explicou ela, que também é escritora.

Laura Müller, que iniciou no jornalismo nos anos 90 na editoria de sexo da revista feminina Cláudia, da editora Abril e atualmente atende em consultório como psicóloga, comentou sobre a evolução na abordagem do tema.

- Esta é a terceira vez que eu estou vindo na Bienal em Campos para falar de um tema tabu. E esta é uma conquista dos últimos anos. Teve um tempo de repressão que não podia-se conversar sobre sexo., que até o século XVII era feito só para reprodução. Na contemporaneidade, o sexo é feito por prazer –  afirmou Laura Müller.

- Eu já vim a outra Bienal, mas esta é a primeira vez que assisto a uma palestra da Laura Müller. Eu a conheço do Altas Horas. É bem interessante a palestra dela para o jovem ter mais noção sobre sexualidade – disse a estudante Stefani Silva de Almeida, de 19 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário