sexta-feira, 21 de março de 2014

Dilma venceria no 1º turno com Campos e Marina, diz Ibope

A primeira pesquisa Ibope de 2014, divulgada nesta quinta-feira, mostra que a presidente Dilma Rousseff (PT) venceria a eleição presidencial de outubro no primeiro turno em dois diferentes cenários, tanto com Eduardo Campos quanto com Marina Silva, como candidatos da aliança PSB/Rede, pois teria percentual superior ao dos adversários. O senador Aécio Neves é o nome do PSDB nas duas simulações.

Com o governador pernambucano na disputa, cenário mais provável, Dilma teria 43% das intenções de voto, seguida de Aécio, com 15%, e de Campos, com 7%. Brancos e nulos somam 25%, e não sabem ou não responderam, 11%.

Este cenário, em que só aparecem os nomes dos três candidatos, é o único que pode ser comparado com as pesquisas anteriores do Ibope. O cenário é de estabilidade. Dilma manteve o mesmo percentual de novembro de 2013; Aécio variou um ponto percentual, de 14% para 15%, e Campos se manteve em 7%. Como a margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, a situação ficou inalterada.

Com Marina no lugar de Campos, a pesquisa divulgada nesta quinta-feira mostra Dilma com 41%, seguida de Aécio (14%) e da ex-senadora, com 12%. Brancos e nulos somam 22%; não sabem/não responderam são 10%. Em novembro passado, Dilma tinha 42%, Marina somava 16% e Aécio, 13%.

Vitória também em 2º turno
Em uma simulação com todos os pré-candidatos, feita pela primeira vez pelo Ibope, Dilma teve 40% das intenções de voto, seguida de Aécio, com 13%, e de Campos, com 6%. Pastor Everaldo (PSC) tem 3% das intenções de voto, seguido por Randolfe Rodrigues (PSOL), com 1%. Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) não pontuaram. Brancos e nulos somam 24% e não sabem ou não responderam, 12%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário