quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Jovem traída corta tatuagem e manda o pedaço de pele para o ex pelo correio

Torz Reynolds, de 26 anos, descobriu que seu namorado de dois anos a estava traindo e resolveu se vingar de uma maneira, digamos, um tanto quanto inusitada. Reynolds, que mora em Londres, na Inglaterra, acreditou que Stuart “Chopper” May, de 24 anos, havia terminado com ela porque estava se mudando para o Alasca para assumir o emprego dos seus sonhos.

Porém, uma semana depois, a moça ficou sabendo que, na verdade, Chopper havia apenas mudado de cidade dentro da Inglaterra para viver com uma mulher com quem ele vinha mantendo um caso havia seis meses.

Enquanto qualquer outra mulher teria difamado o traidor, ficado com seu melhor amigo, destruído algum objeto de que ele gostasse muito ou tramado qualquer outro tipo de vingança já esperado, Reynolds resolveu cortar a tatuagem que fez para o namorado e mandar de presente para ele através do correio.

Para isso, Reynolds revelou ao jornal britânico The Daily Mail que, sem qualquer anestesia, utilizou um bisturi para cortar ao redor da tatuagem e uma pinça para ajudar a remover a pele. Em aproximadamente uma hora e meia, a moça havia concluído a remoção da tatuagem.

A pele foi cuidadosamente embalada (com direito a laço e tudo!) e enviada para o ex. A jovem fez questão de rastrear a encomenda para ter certeza de que o traidor receberia o pacote. Sem saber qual foi a reação do ex-namorado ao receber “presente”, a equipe do jornal informa que Chopper não quis comentar o caso.

Logicamente, a lição que fica é que nunca devemos gravar na pele qualquer coisa da qual possamos nos arrepender mais tarde. Ainda, sabemos que a tatuagem poderia ter sido removida ou coberta de maneiras bem menos dolorosas, sem contar que não há como esconder uma cicatriz. Então, caro leitor, qual é a sua opinião sobre a atitude da moça?

Nenhum comentário:

Postar um comentário