terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Barreira física permite trânsito apenas para veículos leves na ponte que liga Guaxindiba a Sossego

A ponte ligando as comunidades de Guaxindiba e Sossego, no litoral de São Francisco de Itabapoana, recebeu na última sexta-feira (14/02) barreira física em manilhas, que terá por finalidade permitir o trânsito apenas de veículos leves. Com espaçamento de 2,30 metros entre as manilhas, fica inviabilizado o tráfego de veílulos médios e pesados (ônibus e caminhões), que terão como opção a RJ-232, passando pelo DPO de Santa Clara.

Construída no final da decada de 1990, a ponte já se encontrava parcialmente interditada

- Com o desrespeito de alguns motoristas, que chegaram ao absurdo de destruir a sinalização e as barreiras físicas anteriormente ali colocadas, não tivemos outra alternativa a não ser adotar tal medida - explica José Amilton Barreto da Silva, presidente da Emtransfi.

Ainda de acordo com o presidente da Emtransfi, as providências visam preservar a vida das pessoas e que o desreipeito à sinalização e/ou a destruição da mesma e das barreiras físicas representam não apenas uma simples infração às normas de trânsito. “São crimes contra o patrimônio público, contra a vida das pessoas, além de desobediência às autoridades legalmente constituídas, sujeitando-se os autores a medidas policiais e judiciais”.

Para reforçar a segurança das pessoas, o local encontra-se devidamente sinalizadado no padrão Denatran, com redutor de velocidade, pontaletes de segurança no acostamento, pintura horizontal (de solo) e nas manilhas e nos pontaletes. Também existem placas indicadoras a 1 km e no local, além de placas limitadoras de velocidade em 30 km/h.

por meio de sinalização desde 2013, por força de decisão judicial e Laudo Tecnico do DER/RJ, cujo parecer aponta para comprometimento em sua estrutura e necessidade de liberação apenas para veículos leves e em meia pista. Fonte: Ascom- SFI

Nenhum comentário:

Postar um comentário