sábado, 8 de fevereiro de 2014

Aeronave faz pouso forçado em SFI

Um avião bimotor, da empresa aérea Pipistrel, precisou fazer um pouso forçado na tarde desta sexta-feira (7) na localidade de Imburi, em São Francisco de Itabapoana.  A arenovave seguia do Rio de Janeiro para a cidade de Canavieiras, no interior da Bahia. O vôo tinha duração prevista de 4 horas. O pouso forçado ocorreu na Fazenda do Amaro.


O piloto e co-piloto que estavam à bordo eram Ronaldo Simão e Carlos Alberto Silva(foto ao lado), respectivamente. Eles saíram ilesos. Segundo o copiloto, houve uma pane mecânica. O piloto é um Promotor de Justiça.

O copiloto Carlos Alberto, que é repórter e documentarista, morador de Parati, falou ao Campos 24 Horas. “Saímos da Barra, no Rio, e estávamos voando a uma hora e meia. Assim que passamos por Campos, sentimos que o motor começou a falhar. Passamos por vários locais onde o pouso seria problemático. Foi quando avistamos essa pastagem”, disse o copiloto.

O primeiro pouso seria em Guarapari, onde fariam um abastecimento. “Iríamos visitar um amigo que é proprietário rural em Canavieira. Ronaldo (se referindo ao piloto e dono do avião) tinha antecipado a revisão do motor pra fazer essa viagem. A pane é algo que nunca pode ser prevista”, destacou.

 O copiloto diz já que passou por apertos em voos de avião. “Já voei de ultraleve e monomotor e fiz dois pousos forçados. A sensação na hora que o motor falha é de frio na barriga. Nessa hora, só resta torcer para que tudo desse certo. Não adiante ficar nervoso, é preciso manter a calma.
Hoje, o piloto foi muito competente porque fez um pouso forçado. Só danificou o avião, mas isso é o de menos”, finalizou o copiloto Campos24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário