quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Pastor acusado de estuprar enteada de 7 anos em SJB

Um pastor evangélico foi preso no final da tarde desta terça-feira (7) na praia de Chapéu do Sol, em São João da Barra, acusado de abusar sexualmente de sua enteada, de 7 anos. Ele ainda foi acusado de colocar vídeos eróticos para a menina assistir.

Segundo a polícia, o pastor identificado como Salvador, de 49 anos, foi flagrado pela mãe da menina, A.A.B., de 28 anos, tocando as partes íntimas de sua filha.

Na 145ª DP/São João da Barra,  a mãe disse que ao se deparar com o companheiro e a menina embaixo de um lençol ficou observando sem que fosse percebida sua presença. Em seguida, indagou da menina o que estava ocorrendo, tento ela confirmado que tinha sido tocada nas partes íntimas. Na 145ª DP, o pastor foi autuado por estupro de vulnerável.
Em nota, a Polícia Civil confirmou o caso.

D.A.B., que já suspeitava da atitude do companheiro, chamou sua filha para conversar e ela contou a mãe que seu padrasto havia alisado suas partes intimas por debaixo do lençol. Na delegacia, a menor contou ainda que o autor colocava vídeos pornos para ela assistir.”

Depois de ouvir a vítima, sua mãe e outra testemunha, prima de G.A.B.P. (7), a Delegada da 145ª DP, Madeleine Farias Rangel Boa Morte, lavrou a prisão em flagrante de S.M.A. por estupro de vulnerável, que prevê pena de reclusão, de 8 a 15 anos. Fonte: Campos24horas

Nenhum comentário:

Postar um comentário