segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Lindbergh: “A vitória do Garotinho seria um retrocesso”

Em seu discurso na reunião que definiu o desembarque do PT para o dia 28 de fevereiro, o senador Lindbergh Farias (PT) afirmou ser o único candidato capaz de vencer o deputado federal Anthony Garotinho (PR), outro pré-candidato ao governo, em um possível segundo turno. Garotinho é líder das pesquisas de intenção de voto. “A vitória do Garotinho, pra mim, seria um retrocesso para o Rio de Janeiro”, declarou Lindbergh.

Em seu discurso, sem a presença dos jornalistas, Lindbergh também criticou o governo Cabral, principalmente na área da segurança pública. Depois, durante entrevista, o senador ressaltou que os ataques aos ex-aliados, a partir de agora, vão depender do PMDB. “O PMDB do Rio tem uma natureza um pouco truculenta, com as declarações do seu presidente (Jorge Picciani). Vai depender muito disso. Estamos prontos para começar uma caminhada para construir uma frente popular. Vamos tentar manter uma relação (com o PMDB) amistosa, mas vai depender deles. O PMDB age com truculência”, afirmou Lindbergh, que já foi chamado por Picciani de “moleque” e “carreirista”. Fonte: O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário