quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Lindbergh acusado de propaganda antecipada

A Procuradoria Regional Eleitoral no Rio de Janeiro entrou com mais uma ação contra o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), por propaganda eleitoral antecipada. Esta é a sétima ação contra o provável candidato do PT ao governo. Para a procuradoria, uma entrevista concedida pelo senador a revista Entre Lagos, distribuída gratuitamente em Brasília e no Rio de Janeiro, com uma foto do senador na capa estampada com o título “A nova cara do PT” se constitui em propaganda eleitoral fora do período permitido.

A publicação destacava ainda algumas declarações do petista como “Faremos pelo Rio o que o Lula fez pelo Brasil” e “Quero reafirmar meu compromisso de manter e ampliar as UPPs”. A ação pede ao Tribunal Regional Eleitoral que ordene a retirada imediata de circulação da revista e do link da edição no site da revista e requer multa de R$ 5 mil por cada dia de eventual descumprimento da decisão liminar. Pede também que o senador e a revista paguem multa de R$ 25 mil ou equivalente ao custo da propaganda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário