sábado, 25 de janeiro de 2014

Garotinho processado pela 8 vez por propaganda antecipada

Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro propôs ação contra o deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) e a Palavra de Paz Produções por propaganda eleitoral fora de época. O político e a empresa vêm distribuindo kits com um livro de mensagens Palavra de Paz, uma camisa, uma carteirinha – com uma foto dele – e uma carta de boas-vindas assinada por Garotinho. Na oitava representação contra propaganda antecipada pelo deputado, a PRE pede ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RJ) três proibições imediatas aos réus: de distribuírem kits, divulgarem a iniciativa e cadastrarem mais fiéis para receberem os brindes. A distribuição dos kits, comunicada pela Coordenadoria da Fiscalização da Propaganda Eleitoral do TRE/RJ à Procuradoria, é divulgada no site “Palavra de Paz” e pelo programa religioso homônimo, diário nas rádios Manchete AM e Família FM. Nesses canais, podem ser feitos pedidos de orações e os ouvintes e internautas são cadastrados como “intercessores” do programa. A ação busca condenar os réus, ao fim do julgamento, ao pagamento de multas de até R$ 25 mil ou ao custo da propaganda.  Fmanhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário