sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Cedae afirma que problemas de abastecimento são pontuais

O forte calor, que atinge o Rio de Janeiro nos últimos dias, contribuiu para problemas de falta de água em várias regiões. As zonas Oeste e Norte são as que enfrentam os maiores problemas. Segundo a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae), os problemas são pontuais. A Baixada Fluminense também tem casos isolados de ruas e casas sem água. A Cedae explica que os problemas ocorrem por conta do aumento do consumo durante o período mais quente do ano. Os vazamentos, ligações clandestinas e tubulações entupidas também agravam a situação. A companhia ainda afirma que soluciona os problemas no momento que recebe a notificação e que o usuário que ficar sem água durante todo o mês, mas que continua recebendo a conta, pode ter a cobrança cancelada.

O presidente da Cedae, Wagner Victer, afirmou em entrevista que a falta de água não atinge bairros inteiros e que o número de ocorrências desse ano é inferior às do ano passado. O abastecimento na Zona Oeste do Rio deve ser melhorado por conta dos cerca de R$ 200 milhões que estão sendo investidos pela empresa, para a construção de quatro reservatórios com capacidade para 30 milhões de litros. Fonte: JB on line

Nenhum comentário:

Postar um comentário