quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Reuniões do Plano de habitação irão acontecer em várias localidades do município

A partir da próxima semana, a Secretaria Municipal de Planejamento e desenvolvimento irá realizar, em diferentes localidades do município, reuniões que visam levar informações e discutir com a população o Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS). O objetivo traçar diretrizes para política habitacional do município.

Denominadas leituras comunitárias, essas reuniões irão acontecer sempre às 18h. O polo de Imburi de Cacimbas será o primeiro a receber a reunião, na segunda-feira (11/11), na E.M Antônio Paes Viana. 
Na terça (12/11), será a vez de Guaxindiba, no Praia Clube Guaxindiba. Quarta-feira (13/11), a reunião acontecerá em Gargaú, em local ainda a confirmar. Fechando a primeira semana, acontece, na quinta-feira (14/11), a reunião em Barra do Itabapoana, na sede da Associação de Moradores.
Nos dias 18 e 19 de novembro, os encontros acontecerão, respectivamente, em Praça João Pessoa e Lagoa Feia, em locais ainda a serem confirmados.

O Plano é elaborado pela Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento, em parceria com a Secretaria Municipal do Trabalho, da Assistência e Promoção Social e por meio do Instituto Eficácia Brasil. A primeira audiência pública aconteceu no início de agosto, no Auditório do Colégio Estadual São Francisco de Paula. 

 - As audiências e reuniões são a oportunidade para que possamos ouvir e discutir com a sociedade para a elaboração do plano levando em consideração algumas particularidades como área de construção, perfil socioeconômico e aspectos geográficos do município – destacou o secretário municipal de Planejamento e Desenvolvimento, Florentino Cerqueira.

O Plano - O Plano Local de Habitação de Interesse Social - PLHIS constitui um conjunto articulado de diretrizes, objetivos, metas, ações e indicadores que caracterizam os instrumentos de planejamento e gestão habitacionais. É a partir de sua elaboração que municípios e estados consolidam, em nível local, a Política Nacional de Habitação, de forma participativa e compatível com outros instrumentos de planejamento local, como os Planos Diretores, quando existentes, e os Planos Plurianuais Locais. Fonte: Ascom -SFI

Nenhum comentário:

Postar um comentário