quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Vaiado no palco de Dilma, Cabral provoca aliado de Garotinho

Vaiado no palco com a presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (11) em São Gonçalo, o governador Sérgio Cabral (PMDB) responsabilizou e provocou o prefeito da cidade, Neilton Mulim (PR), aliado do rival Anthony Garotinho.

Cabral recebeu uma sonora vaia, abafada em seguida por alguns aplausos, quando teve o nome anunciado. Irritado, responsabilizou Mulim.

“Mulim, esse seu pessoal podia aplaudir sempre, né?”, disse Cabral ao microfone, após o prefeito ser aplaudido em seguida, ao ter o nome anunciado no evento que divulgava o repasse de R$ 2,57 bilhões para a construção da Linha 3 do metrô (São Gonçalo – Niterói).Fonte: Folha de S. Paulo

Um comentário:

  1. O Cabral não provocou, só falou a verdade sobre os investimentos q ele aplica nessa regiao

    ResponderExcluir